Sonho Realizado

Sonho Realizado

O maior desejo de Tammy Regina de Souza, de 47 anos, era poder segurar a netinha no colo, mas as sequelas de um AVC sofrido quando tinha 25 anos tiraram a mobilidade do braço direito, assim como da perna e dos músculos da face. “Tive que aprender tudo de novo”, comenta a joinvilense, que percorreu uma longa trajetória até que voltasse a falar e se locomover por conta própria.

Quando soube dos benefícios oferecidos pela toxina botulínica, há dois anos, ela fazia a reabilitação na Adej e seu quadro já tinha evoluído bastante, mas a possibilidade de melhorar ainda mais a fez procurar pelo tratamento. A motivação ganhou fôlego quando descobriu que seria avó.

Assim, ela chegou até a neurologista Carla e começou as aplicações, feitas a cada quatro meses. “Recuperei metade dos movimentos depois do Botox. Ficou tudo muito mais fácil”, comenta Tammy. O tratamento também facilitou outras atividades praticadas por ela: pintura, mosaicos e tear. “Esse fui eu quem fiz”, diz, enquanto aponta para o cachecol colorido envolto no pescoço.

INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS DO BOTOX NO BRASIL
Cefaleia
Forma mais frequente de cefaleia primária crônica diária (dor de cabeça), caracterizada por enxaqueca por mais de 15 dias, com duração de mais de quatro horas por dia.
Bexiga hiperativa
Contrações involuntárias do músculo da bexiga, que causam vontade urgente e excessiva de urinar.
Distonia
Provoca contrações involuntárias da musculatura em diversas regiões do corpo, como o pescoço.
Estrabismo
Desalinhamento dos olhos causado por um desequilíbrio dos músculos que agem sobre o globo ocular.
Blefaroespasmo
Provoca contrações involuntárias do músculo que controla as pálpebras, fazendo com o que o paciente pisque incontrolavelmente. É confundido também com tique nervoso.
Espasmo hemifacial
Contrações involuntárias dos músculos da face.
Espasticidade
Rigidez excessiva da musculatura que afeta a mobilidade dos pacientes. É uma sequela comum em pessoas vítimas de AVC, paralisia cerebral, lesões medulares, esclerose múltipla e outras patologias ligadas ao sistema nervoso central.
Hiperidrose
Suor excessivo nos pés, mãos e axilas.
Linhas hipercinéticas
Linhas de expressão.

Fonte: ANotícia

Deixe uma resposta