Iselma Noriller Albano

Iselma Noriller Albano

Chamo-me Rafael, sou Genro de Dna. Iselma Noriller Albano, a qual sofreu um Acidente Vascular Cerebral no dia 28/10/04, por volta das 13:15 Hs.

Este Fato ocorreu na casa de sua Nora Marili, que presenciando o quadro estático de Dna. Iselma caída no chão contactou imediatamente os paramédicos e em seguida me ligou solicitando ajuda.

A unidade dos Paramédicos chegou rapidamente ao local e após analisar os sintomas encaminhou-a para o hospital Municipal São José.

Dna. Iselma foi diretamente para a emergência e após uma série de Exames foi identificado que se tratava de um AVC bastante severo no lado Esquerdo de seu cérebro, após isto uma equipe especializada no assunto assumiu o caso e uma das primeiras ações tomadas por esta equipe, por volta de 14:20, foi a de aplicar uma injeção de trombolítico a fim de dissolver e desobstruir as artérias atingidas e assim minimizando ao máximo as futuras lesões, já que o AVC foi bastante GRAVE.

Dna. Iselma ficou 30 dias internada, na ala destinada especificamente a pacientes que sofreram AVC e foi acompanhada pela equipe médica chefiada pela DRª. CARLA.

Dna. Iselma recebeu alta com as seguintes seqüelas:

– Não falava;

– Sentava com auxilio e apoio de terceiros;

– Mão e perna esquerda imóveis.

Nos foi passado todo o tratamento de reabilitação que consiste em Fisioterapia, Hidroterapia, Terapia Ocupacional, fonoaudióloga e acompanhamento clínico e ambulatorial necessário.

Os familiares estão bastante contentes com sua recuperação, pois após 7 meses Dna. Iselma se locomove sozinha com auxilio de muletas, repete várias palavras, frases e as vezes tenta comunicar-se espontaneamente. Temos uma convicção, que tal evolução deve-se ao rápido e eficaz atendimento dos paramédicos, aliado ao excelente trabalho da equipe médica do Hospital São José, ao eficiente trabalho de recuperação e a enorme força de vontade de Dna. Iselma, o que nos dá a certeza de uma melhorar ainda maior com o passar do tempo.

Atenciosamente,

Rafael Martins Buttenbender

Deixe uma resposta