Idosos do bairro Fátima, em Joinville, aprendem sobre o AVC e fazem exames

Home / Noticias / Idosos do bairro Fátima, em Joinville, aprendem sobre o AVC e fazem exames

Idosos do bairro Fátima, em Joinville, aprendem sobre o AVC e fazem exames

Pedro Martinho Cunha, 73 anos, foi um dos moradores que participou das atividades – Leo Munhoz / Agencia RBS

A ação é a primeira de uma série de atividades para comemorar o Dia Mundial de Combate ao Acidente Vascular Cerebral, em 29 de outubro
Cerca de 30 idosos do bairro Fátima participaram de uma tarde de conscientização sobre os riscos do AVC, na Igreja São João Batista, na tarde de sexta-feira.

A ação é a primeira de uma série de atividades para comemorar o Dia Mundial de Combate ao Acidente Vascular Cerebral, em 29 de outubro. Alunos do Ielusc mediram a dosagem de glicemia e conferiram a pressão arterial dos idosos, que depois tiveram uma palestra com a médica residente de neurologia Ana Paula Gomes.

O bairro Fátima foi escolhido por ter registrado a maior incidência de casos em Joinville, segundo dados de 2005 a 2007. A enfermeira Elisângela Canavarro, do Posto de Saúde do Fátima, conta que já são desenvolvidas atividades de conscientização com os pacientes, mas nem todos têm preocupação com a saúde.

— É importante saber que há formas de prevenção — afirma a enfermeira.

Pedro Martinho Cunha, 73 anos, foi um dos moradores que participou das atividades. Com a pressão e a glicemia estáveis, ele contou que toma remédios para diabetes e, sempre que pode, dá uma volta de bicicleta. Mas, de vez em quando, se deixa levar pelo sedentarismo.

— A gente chega a essa idade e tem dor pra tudo quanto é lado. Se deixar, acaba ficando só em casa — admite Martinho.

Domingo, ocorre uma caminhada, com concentração em frente à Casa da Cultura, com a distribuição de camisetas e folhetos explicativos. Na abertura do jogo do JEC contra o Chapecoense, a equipe entrará em campo com a camiseta da campanha em campo e fará um minuto de silêncio pelas vítimas do AVC.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.